Preparando café, cada dia.

O Clube Barista tem o objetivo de difundir as boas práticas do barismo e o entusiasmo em cada xícara.

O Blog é um espaço aberto para a discussão sobre café e barismo entre profissionais e apreciadores. Comentários, idéias e ações são muito bem-vindos! Quem quiser, agarre sua xícara e sirva-se à vontade.

Participe, compatilhe!

Helga Andrade, Barista.

Sobre a IWCA, por Kelly Stein

Aliança Internacional das Mulheres do Café (IWCA)

Por Kelly Stein
 

A florada nos cafezais, além de linda, é a primeira dica que a natureza dá ao produtor sobre a sua produção. Por meio da quantidade de flores por galho, ele consegue ter ideia se a colheita será farta ou não. Quanto mais flor, mais café! A delicadeza e o perfume dessas pequeninas flores enchem os olhos e o coração do cafeicultor de esperanças. É assim que vejo as mulheres corajosas da Aliança Internacional das Mulheres do Café (do inglês International Women’s Coffee Alliance – IWCA). Aos meus olhos, elas são a florada de uma cafeicultura moderna!
 
A iniciativa partiu de um grupo de norte-americanas envolvidas na indústria cafeeira durante uma visita às lavouras da Nicarágua em 2003. A proposta deu certo e, com oito anos de história, já conta com a adesão de produtoras da própria Nicarágua, Guatemala, Costa Rica, El Salvador, República Dominicana, Colômbia e Burundi (localizado na parte central da África). Aqui no Brasil, a IWCA chegou em 2011 e já conta com 26 membros comprometidos a fazer a diferença em nosso país de dimensões continentais.
 
O primeiro encontro, que aconteceu durante o evento 6º Espaço Café Brasil (promovido pela Café Editora), reuniu mulheres de diferentes regiões produtoras e que representaram todos os setores da cadeia da cafeicultura. Conversei pessoalmente com baristas, torrefadoras, agricultoras, engenheiras agrônomas e observei que a vontade de fazer a diferença estava impressa no discurso e no brilho do olhar de cada uma.

 
O capítulo brasileiro (Brazilian Chapter), como o IWCA denomina a adesão das produtoras brasileiras, visa aumentar a participação ativa da mulher no mercado cafeeiro. Superar as desigualdades de gênero e fazer parte das decisões políticas do setor são algumas de suas metas. Liderada pela cafeicultora Josiane Cotrim, atual presidente da IWCA no Brasil, a aliança está em processo de formalização legal e articulação de seus primeiros passos aqui. Enquanto a instituição se prepara para crescer no âmbito legal, as mulheres se encontram virtualmente em uma comunidade da rede Peabirus e promovem para mais encontros.
 
Agora, o Brasil – gigante do café – ganhou uma florada ainda mais bonita. Este cafezal está, definitivamente, embriagado com o perfume e beleza de nossas flores, de nossas mulheres.
 
Foto: Blog Clube do Barista
 
Fonte: MEXIDO DE IDEIAS

2 comentários:

  1. Carmen de Divinolândia17 de novembro de 2011 13:25

    Obrigada pelo carinho de suas palavras sobre Divinolândia, sua visita em nossa terrinha, trouxe entusiasmo para a formação do grupo de mulheres cafeicultoras. Estamos buscando conhecimentos para que nosso grupo seja um grande sucesso.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Carmen!
    Foi um prazer estar com vocês, e aprendi muito com as mulheres divinolandenses.
    Nos emcontramos em BH, para contar um pouco da experiência de vocês para outras mulheres do café.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir

goles de café

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ao vivo!